quinta-feira, 24 de março de 2011

Minha Despedida!!!

AMIGOS... COLEGAS...
Alunos... Funcionários...

Estou me despedindo de vocês...
Não é um adeus…
Apenas uma partida!
Na vida precisamos inovar novos caminhos…
E eu ainda sou uma mera aprendiz….
“A despedida é um momento de tristeza, em que corações se preparam para viver uma saudade”
Convivi com vocês por 5 anos.
Vivemos mais momentos aqui, juntos, do que com nossas famílias e familiares.
Efetivamo-nos juntos... Aprendemos juntos...
Discutimos, brigamos, “emburramos”...
Erramos muito! Acertamos muito!
Choramos e nos desculpamos!
Gargalhamos... Sofremos...
Foi diversão... foi nervosismo...
Troca de experiências!
Confidências... Segredos... Conselhos...
Enfim, foi de tudo um pouco...
Às vezes fomos irmãos, outros colegas...
Algumas vezes amigos... outros “arquiinimigos”!!!
E, dessa forma crescemos, amadurecemos!
Mas, tudo na vida acaba e termina.
Pois a vida é feita de ciclos.
"Até aqui viajamos juntos.
Passaram vilas e cidades, cachoeiras e rios, bosques e florestas…
Não faltaram os grandes obstáculos.
Freqüentes foram as cercas, ajudando a transpor abismos…
As subidas e descidas foram realidade sempre presente.
Juntos, percorremos retas, nos apoiamos nas curvas, descobrimos cidades…
Hoje, chega o momento de seguir a viagem sozinho…" (AD)
Com outros amigos... colegas...
Quero agradecer a cada um de vocês que ajudaram no meu crescimento pessoal e profissional!
E, que fizeram parte por um tempo da minha história de vida.
Saio levando no coração um pouquinho de muitas pessoas que aqui conheci.
O meu agradecimento àqueles que, mesmo de fora, mas sempre presentes, me quiseram bem e me apoiaram nos bons e nos maus momentos.
Dividiram comigo momentos de alegrias, tristezas, choros, gargalhadas, medos, acertos, erros, triunfos, perdas e conquistas...
Uma despedida é necessária antes de podermos nos encontrar outra vez.
Que nossa despedida seja um eterno reencontro.
Fiquem todos sempre com Deus e que suas vidas sejam repletas de alegrias, amores, paz e muita saúde!

Beijos no coração – Silvia Paula / março 2011